1. Brasil

Movimento cívico-militar

7 de julho de 2017 - 23:12:10

Um querido amigo meu, o Cel. Jorge Ribeiro, protesta contra o uso que faço do termo “golpe” para descrever o movimento cívico-militar que derrubou o presidente João Goulart em 1964. Mas o termo é correto. Uma revolução, conforme a defino reiteradamente nos meus escritos, é um movimento que tenciona remodelar a sociedade de alto a baixo mediante a concentração do poder. Golpes de Estado têm pretensões bem mais modestas. Eu seria o último a dar um sentido uniformemente positivo ao termo “Revolução”. Aliás não escolho os termos do vocabulário político pelas suas conotações agradáveis ou repugnantes, mas pela correspondência objetiva que suas definições tenham com o fenômeno designado. Não sou um treinador de cachorrinhos.