1. Brasil

Multiplicando talentos

7 de julho de 2017 - 22:16:58

 

Acho profundamente ofensivo alguém dizer que fiz tudo o que fiz para multiplicar o número de direitistas. O que quero — e, cá entre nós, estou conseguindo — é multiplicar o número de TALENTOS BEM SUCEDIDOS. Quero acabar com essa história de que gente capaz, no Brasil, tem mais é que se foder.

Ao contrário do que diz o Ignorácio Araújo (como o chama o Paulo Antônio Briguet), não posso estar ressentido com ninguém, porque NINGUÉM USURPOU O MEU LUGAR. O lugar que ocupo fui eu mesmo que o criei, e o ocupo integralmente, sem deixar um milímetro quadrado de espaço para chupins e usurpadores. E, cá entre nós, ele é infinitamente melhor, mais delicioso e mais honroso do que um emprego na Fôia ou um cargo numa sinecura estatal qualquer. Se há um brasileiro satisfeito com a sua posição na sociedade, sou eu. Abri espaço não só para mim, mas para centenas de jovens talentosos que estão, com seu trabalho, PONDO NO CU dos picaretas e vigaristas. E vão pôr mais ainda. A piroca só começou a entrar.

  • Fernando CR

    Gostaría de ressaltar que no dia 22 de maio faziam 4 anos que o soldado Lee Rigby fora decapitado por um muçulmano imigrante a plena luz do dia.

  • Será que o fato do show ser de uma mulher tornou o evento um alvo preferencial para o terrorista islâmico? Se o intuito fosse atacar uma aglomeração qualquer, o ataque poderia ter sido perpetrado em um evento esportivo, por exemplo.

    • gustavo druziki

      Na verdade o que eles procuram é grande aglomeração de pessoas para aumentar ao máximo os efeitos secundários do ataque, correria com pisoteamentos por exemplo. São crués covardes. É a melhor definição de um terrorista.

  • “Um dos propósitos desta ação terrorista era golpear sem nenhuma misericórdia a juventude ocidental, em especial adolescentes ou teenagers, amantes da música pop, vista pelo islam extremista como algo satânico contrário à interpretação puritana da linha sunita salafista do islam, que apadrinha a guerra santa ou jihad.”

  • Layon Maciel da Silva

    E nos noticiários reduzindo o ataque e o terrorista a um “simples lobo solitário decepcionado com a vida.” Parabéns pela tradução, Graça!

  • Robson La Luna Di Cola

    A Zorra Total em que se transformou a sociedade Ocidental – no comportamento, roupas, propaganda, artes, etc – está fornecendo argumentos aos muçulmanos para a ocupação e islamização da Europa. O Putin também criticou esta …utaria, certamente para seduzir os altamente conservadores países do Leste Europeu. Estamos ajudando nossos inimigos…

  • Fernando

    Posso estar falando besteira, mas como sempre há este tipo de ataque com bomba realizado pelos (radicais?) islâmicos, isso poderia indicar algum tipo de testes para analisar impacto destes artefatos? Como se fosse um “laboratório” deles? Para estimar o impacto das futuras bombas que irão lançar contra todos nós? Fico preocupado com isso, pois neste mundo em que vivemos isso é admitido pela comunidade internacional.

  • Iason Souto

    Estranho, depois que os britânicos saíram da UE, Londres se tornou alvo dos terroristas.

  • Jorge Dal Salve Moro

    Não existe guerra sem baixas. Enquanto os cristãos do mundo continuarem achando que existe islamico moderado e tentarem resolver essa parada com conversa, a derrota será iminente.