1. Brasil
  2. Cultura
  3. Sociedade

Duas sugestões ao futuro ministro da Cultura

17 de janeiro de 2018 - 2:23:14

Eu não quero ser ministro da Cultura (nem aliás de porra nenhuma), mas tenho uma sugestão para dar ao infeliz que venha a ocupar esse cargo: Corte imediatamente as verbas estatais dadas a:

a) shows de música popular

b) espetáculos eróticos

c) oba-obas políticos

e gaste tudo pondo à disposição dos brasileiros, a preços populares, os livros fundamentais de todas as áreas do conhecimento.

Já temos as obras completas de Caetano Veludoso, mas não as de Aristóteles.

*

Segunda sugestão ao futuro ministro da Cultura: Não receba, NUNCA, “delegações de artistas”. Mande todos à merda.

  • Odilon Rocha

    Nas atuais condições de imbecilidade em que o stablishment vive, e também de onde se nutre, eu duvido um “ministro” dar ouvido.

  • Osvaldo Pereira Júnior

    Em um país onde você vê Anitta e Pablo Vittar de graça na TV 24 horas por dia e alguns livros chegam a custar mais de 100 reais é óbvio que a cultura irá para o fundo do poço mesmo.

    O preço de livros no Brasil é algo escandaloso.

    • Rodrigo Taira

      Embora o preço seja um empecilho, e, para alguns, uma boa desculpa, não acho que seja ele o grande inibidor. É próprio da formação do brasileiro-médio essa aversão à cultura.
      .
      Por exemplo, da mesma forma que tem porcaria na TV aberta, também tem programas “culturais”. Por exemplo, embora seja quase todo enviesada, a TV Escola passa muitos documentários (alguns até muito bom – por incrível que pareça). Eu cresci assistindo a documentários na TV aberta (TV Escola/TV Cultura). A turma da minha idade assistia a porcarias como novelas e programas de auditórios.
      .
      O Youtube é uma grande fonte de informação que não requer grande esforço. Não existe desculpa para o sujeito ser idiota. E embora tenha muita coisa enviesada, dirigida, politizada, quem busca a verdade, cedo ou tarde tropeça nela e encontra o fio da meada que vai levá-lo a entender o que está acontecendo no mundo.
      .
      Mas concordo contigo. O ministro da cultura, se fosse um sujeito realmente comprometido em promover a cultura DE VERDADE, deveria usar o cargo para fazer pressão no sentido de baixar o imposto sobre livros.

  • Daniel

    Estou com originais de um livrinho intitulado “As Lições da Cruz”, composto de poemas de vertente clássica, em que retrato algumas passagens da vida de NSJC. Prêmios literários e grandes/médias editoras, esqueça-se tudo isso: é território quase que exclusivo de mentalidades à esquerda, que rejeitam terminantemente, em sua grande maioria, livros de viés conservador, em sua forma e conteúdo. Que se dirá o MinC! Já estou quase desistindo…

  • marcelo almeida

    Cultura para mim são os valores espirituais, morais e éticos de um povo em determinada época, materializada por meio da literatura, do modo de vida e da arte em geral, como forma de expressão do “fazer bem feito” e da beleza. O resto é contracultura.

  • Rafael

    Se o Bolsonaro ganhar, vai ser difícil o ministro da cultura dele cortar os três itens ai, já que é do ramo dele, ou será que ele vai mandar o Alexandre Frota para a educação?

    • Romanorum

      Acho que os três itens são é de SEU ramo, e mais um quarto que sugeriria, não dar ouvidos a pseudos intelectuais e sociólogos em especial…

  • Osvaldo Pereira Júnior

    Se você é pobre e possui uma estante de livros em casa você é visto como um louco por grande parte dos brasileiros.

    Perguntas clássicas de um brasileiro; “Nossa, mas pra quê esse tanto de livro em casa?”. Ou então, “Puxa vida, o dinheiro que você gastou com esse tanto de livro você poderia ter trocado de carro.”

    • Newton (ArkAngel)

      É o meu caso, hehehe…ninguém compreende o motivo de eu ter meus 684 livros.
      Aliás, o dono do sebo que frequento me disse que os livros que ele mais vende são as coleções e enciclopédias. Segundo ele, o pessoal compra pra fazer figura na estante da sala…

  • pedro

    Agora que o Pablo e melhor cantor do pais pode colocar o meu cachorro no MINC que ele ira dar andamento a cultura do pais!!

  • marcelo almeida

    Para acatar as duas sugestões acima, é necessário antes, aprender a diferença entre cultura e contracultura.