1. Cultura
  2. Mentalidade Revolucionária
  3. Sociedade

Jamais haverá um governo proletário

10 de novembro de 2017 - 16:34:38

Ao longo de toda a história do movimento comunista, um falso paralelismo entre “partidos burgueses” e “partidos proletários” confundiu toda a visão do processo.

Os partidos burgueses são realmente burgueses, porque a burguesia os financia e corta a verba se não desempenham seu papel a contento, mas os partidos proletários só são proletários na intenção declarada, isto é, como hipótese futura.

De fato, são partidos da intelectualidade, isto quando não é a própria burguesia quem os alimenta.

Eis por que jamais houve e jamais haverá um governo proletário no mundo.

 

  • Osvaldo Pereira Júnior

    Jamais haverá um governo proletário pois quem consegue o poder militar e político total não vai querer largar mão de uma vida faraônica para viver igualzinho um proletário.

    Sem contar que assim que ele abrir mão do poder militar e político total, outro espertalhão tomará o lugar dele.

    • Newton (ArkAngel)

      Como disse um filósofo, “A democracia é a tirania espalhada em um grande número de pessoas”

      • Osvaldo Pereira Júnior

        Sim, quem disse isso foi Aristóteles.

    • Roberto Felippe Santiago

      Mas como se dá a divisão de poderes e atribuições na monarquia parlamentarista? Como este regime lidaria com a figura de um rei inapto, incapaz de exercer o cargo (que, aliás, é vitalício)?

      • Osvaldo Pereira Júnior

        Você está se referindo a monarquia absolutista. Esse sim é um regime já superado e arcaico afinal é arriscado demais entregar todo o poder executivo nas mãos de uma pessoa só.

        Já na monarquia parlamentarista o rei é apenas o poder moderador mas quem realmente governa é o parlamento.

    • Odilon Rocha

      Correto, Osvaldo. Bem colocado. É exatamente isso.
      Um proletário só está esperando a oportunidade de se tornar um burguês. Depois, nem lembra mais de quem foi e vai tratar os seus operários da mesma forma que vivia reclamando. Hipocrisia e inveja.

  • Hattori Hanzo

    touché!

  • Felipe Toget

    Pelo amor de Deus! A maneira mais clara e simples de se compreender a ineficiência da proposta comunista. Olavo de Carvalho é o maior mestre das palavras. Obrigado, professor!

  • marcelo almeida

    Quem criou o comunismo para depois fingir combate-lo foi a igreja católica.

    • mello0209

      Acho que perdi alguma coisa. Quem criaria uma ideologia/organização/sistema político cuja característica mais visível no mundo real é tentar destruir seu próprio criador?

  • Rafael

    Acertou na mosca, alias explica o porque de quase a totalidade dos partidos brasileiros são partidos burgueses e de direita.

    • Lucas Santos Amaral

      Pero no mucho… rsrsrsrssss… processo hegeliano… tá “difirciu” tu entender… 🙂

  • Gustavo

    Gostei muito da análise professor, clara e sucinta.