1. Literatura

Dicas para um escritor

11 de julho de 2017 - 22:51:13

O mais importante preceito da arte da argumentação:
Aquele que força as palavras para impor um argumento falso é comparado, na Bíblia, ao eunuco que tenta deflorar uma donzela (Eclesiástico, 20:4).
Quem não conhece pelo menos umas dúzias desses eunucos?

O argumentador sério jamais se deixa arrastar pelo automatismo das conseqüências lógicas, pelo impacto imediato das palavras ou pela autoridade do consenso, científico ou não, mas refreia o seu discurso para que nunca se afaste das coisas percebidas na experiência pessoal direta.

A maior virtude literária não é “escrever bem”, mas dar voz aos fatos mudos da experiência. O grande escritor é aquele que incorpora ao patrimônio da língua fatos e experiências que antes estavam fora dela, indizíveis, impensáveis, prisioneiros do silêncio.

Deixar que os fatos da experiência falem é muito mais difícil do que “escrever bem”. Para isto basta dominar os instrumentos usuais da linguagem pública. Para aquilo, é preciso inventar uma linguagem capaz de dizer o que nunca foi dito antes.

“Escrever bem” e deixar a realidade falar, tal é a diferença entre um jornalista e um escritor.

  1. S. __ Supondo-se que o jornalista saiba escrever, o que hoje em dia é uma hipótese meio arriscada.