1. Mídia

Intelectual universitário

11 de julho de 2017 - 5:12:08

Se você é um intelectual universitário ou faz carreira na mídia, o sucesso do seu trabalho tem como resultado concreto e imediato a ascensão a postos de comando que lhe conferem o poder de dar ou tirar empregos, distribuir ou vetar verbas e honrarias, abrir ou fechar as portas da fama aos profissionais mais novos, autorizar ou bloquear a publicação dos escritos deles etc. etc. Tudo isso com as garantias trabalhistas asseguradas por lei e, portanto, a perspectiva de uma aposentadoria confortável e segura. Você deixa de funcionar como intelectual e se torna um “chefe”.
Se, ao contrário, você é apenas um escritor independente que vive da aprovação do seu público, o sucesso lhe garante apenas a satisfação presente e a consciência de ter de continuar matando leões, se possível cada vez maiores, para não deixar a bola cair. Estou feliz de ter escolhido esta última via. Ela me vacina automaticamente contra as tentações do carreirismo, do puxassaquismo funcional, do comodismo e da esclerose burocrática. E, sobretudo, ela me faz ver o acerto do conselho que na adolescência recebi do meu pai:
— Enquanto você for jovem, se possível não trabalhe, pois um dia você vai ficar velho e começar a achar o trabalho um prazer irresistível.

*

Falar em capitalismo liberal, a esta altura, é uma palhaçada:

https://www.wsj.com/articles/amazon-is-leading-techs-takeover-of-america-1497653164