1. Brasil
  2. Cultura
  3. Mentalidade Revolucionária
  4. Sociedade

Samba-do-comunista-doido

6 de novembro de 2017 - 19:25:23

A história do discurso comunista divide-se, “grosso modo”, em três fases: o internacionalismo proletário de Lênin, o terceiromundismo “anti-imperialista” de Stálin a Brejnev e o multiculturalismo globalista de maio de 1968 em diante. O primeiro desapareceu do cenário. O segundo sobrevive, no mundo, apenas como resíduo nostálgico. O terceiro fez da esquerda mundial a serva inconsciente ou não-declarada do capitalismo global, que a alimenta porque sabe que a extinção de todos os valores tradicionais e culturais consagrará a economia como único fator de coesão social, instaurando por toda parte a “sociedade administrada” dos seus sonhos. Só nesse sentido pode-se dizer que “o comunismo acabou”.

A esquerda brasileira ainda não assimilou totalmente a mudança, motivo pelo qual se confunde e se atrapalha toda, tentando lutar pelo multiculturalismo com a retórica do velho terceiromundismo: tenta destruir a soberania nacional com as armas e os pretextos do “anti-imperialismo” – o que faz dela essa figura grotesca que hoje conhecemos.

O manifesto da UFPB chega a afirmar que o capital imperialista financia a extrema-direita brasileira. Sabendo-se que “extrema-direita” quer dizer “Bolsonaro”, é impossível resistir à pergunta: como é possível alguém ter atingido aquele grau de alienação em que o sujeito não tem mais a menor idéia das bases econômicas da sua própria existência? Como pode alguém imaginar que os bancos internacionais, as Fundações Ford e Rockefeller, George Soros, Jeff Bezos e similares dão dinheiro ao Bolsonaro e não aos movimentos de esquerda? É, sem dúvida, o samba-do-comunista-doido.

*

Para todo esquerdista, sem exceção, é IMPOSSÍVEL raciocinar fora das premissas usuais da sua ideologia ou abandonar, mesmo por instantes, a pose de superioridade em que se abriga do discurso adversário. Sempre que um esquerdista faz um esforço sincero de compreender o adversário, acaba passando para o lado dele.

 

  • marcelo almeida

    É meu caro, a terceira guerra mundial vai mudar todo esse cenário, para, só após, ser implementada a nova ordem mundial…

    • Rafael

      Sim, mas não antes das naves reptilianas pousarem em Washington trazendo o clone do Lênin financiado pelo George Soros.

      • Pedro Hongaratti

        Não, antes de ter antas que vivem com a rola do na boca insinuando que tudo o que é dito sobre George Soros e a esquerda no geral, é Teorias da Conspiração, mesmo com provas em abundancia afirmando o contrário, mas sabe como é né? Usar “Teorias da Conspiração” é bem mais fácil do que argumentar!!

        • Osvaldo Pereira Júnior

          Esse cara sabe que está mentindo mas a mentira é uma ferramenta necessária para tentar salvar o que pode ser salvo para o movimento revolucionário.

          O que esse cara faz aqui no site é uma espécie de operação abafa desesperada.

          Pena isso daqui não ter moderador para dar um belo chute no cú desse sujeito.

          • Newton (ArkAngel)

            Eu até achava que esse tal de Rafael ficava tirando onda da cara do pessoal com suas ironias, mas pelo jeito ele fala sério. É a prova viva do que o Prof. Olavo acabou de descrever neste artigo.

          • Márcio Machado da Silva

            Ele (rafael) é um petralha filho da puta, já falei isso para ele. Simplesmente, devemos ignorá-lo.

      • Candangus2

        Mas vocês são medíocres até pra sugerir teorias da conspiração.
        Naves reptilianas nunca precisariam do dinheiro do Soros pra clonar o Lênin, porque essa tecnologia pra eles é fichinha. Aliás, só o que eles precisam fazer é produzir a epiderme falsa que permite a eles interagir com humanos, com a aparência que eles quiserem. E eles não vêm à terra por dinheiro, e sim atrás de matéria prima escassa no universo.
        Por favor, não tentem fazer “apropriação cultural” da nerdice de direita. Só faz vocês parecerem patéticos.

        • Rafael

          kkkkkkkkkkkkkkk

  • Osvaldo Pereira Júnior

    Texto excelente para variar mas acho que o professor Olavo não compreendeu bem a estratégia da esquerda nesse ponto em particular.

    Veja,a esquerda sabe que George Soros não financia o Bolsonaro e portanto ela também sabe que é ela mesmo que recebe a grana de Soros.

    O problema é que ela se faz de idiota apenas como estratégia. A mesma estratégia de Lênin de acusar os outros daquilo que você esta fazendo.

    Então de doido os comunistas não tem absolutamente nada, na verdade são muito espertos e se fazem de mortos para roubar o coveiro.

    • Candangus2

      Sim, você está falando do pessoal que é ardiloso, malicioso, letrados em Gramsci e Marcuse e adotam conscientemente a mentira e dissimulação como estratégia pra chegar ao poder, e lá chegando, corromper. Entretanto, eu penso que eles são a minoria na esquerda.
      Pra grande massa de idiotas úteis, realmente, o grande capital internacional é o inimigo. Pra eles o Bolsonaro deve estar recebendo montes de dinheiro escondido em algum paraíso fiscal. Eles se acham os cavaleiros na armadura brilhante lutando contra o dragão do mal, chamado de capitalismo. Viu o vídeo do Dória com o Silvio Santos, em que uma mulher sente nojo e dor na consciência em falar de “empreendimento”?
      Uma mentalidade claramente histérica e preguiçosa desses tontos esquerdóides. Até aquele que é histérico mas não é preguiçoso, lê e se engaja em debates, tem condições de assumir que sua visão está equivocada. Mas pra maioria dos militantes essa possibilidade é remota…

      • Osvaldo Pereira Júnior

        Sim eu me refiro a elite da esquerda e não a massa de idiotas úteis.

        Se o professor Olavo estiver se referindo aos zumbis ele tem toda a razão. Eu achei que ele estava se referindo a elite intelectual da esquerda.

        Peço até desculpas por não ter interpretado bem o referido texto do professor.

  • Otavio

    EXCELENTE TEXTO ! Aqui em Brazuninganga, caso pitoresco e carnavalesco, uma mistura de “anti-imperialismo-americano” com luta-de-classes-fictícias a là TL. Junta isto com a palavra DIVERSIDADE e…. Pronto !

    Taí a fórmula das consciências deformadas e errantes que inundaram todo o cenário social, midiático e jornalístico nacional.

  • Marcos Pereira

    Mas o marco zero do comunismo, comum a todos os seus loucos e psicopatas adeptos, é o ateísmo: A negação peremptória da existência ou realidade de Deus. Esta escolha definitiva é sua principal vulnerabilidade: Por este Erro, provocaram a afloração do Mal, incorreram em Pecado e se auto destruirão na Iniquidade.
    Não sabem, ou mesmo insistem doentiamente em ignorar que existe uma Ordem no Universo dos Universo. E esse Alguém, que Cria, Mantem e Sustenta a Ordem Geral é Deus Nosso Pai.
    Diante disso precisamos perder o medo ou mesmo termos vergonha de nos declarar Crentes em Deus. Isto diante de comunistas e ateus que comprazem, mesmo se orgulham de suas descrenças.
    Foi interessante essa aula do professor: Era uma realidade que não sabíamos traduzir em palavras simples e objetivas. Pois é o comunismo está aí em sua terceira e derradeira fase. Após tantos desatinos perpetrados pelos seus líderes e militantes, não é de se esperar outro destino para uma visão de sociedade tão nefasta. Felizmente – vide texto do professor sob livre arbítrio e determinismo – sempre existirá um Livre Arbítrio ( que os comunismo insistem em ignorar e desprezar de forma absoluta), sempre existira um determinismo ( que os comunismo tentam psicoticamente nos impor de forma de imperativo categórico absoluto), felizmente repito e afirmo: ambos são relativos e balanceados pela Sabedoria Divina.

  • Agapito Costa

    Sem anos se passaram da revolução russa, e mesmo diante de todo o fracasso ainda temos quem defende este sistema político que nunca deu certo.