1. EUA

Olavo: “desligue a TV, cancele assinaturas de jornais”

21 de maio de 2017 - 0:04:51

Só há uma coisa a fazer com a “grande mídia”: parar COMPLETAMENTE de lhe dar atenção. Desligar a TV, girar o botão do rádio, cancelar assinaturas de jornais, e nunca, nunca mais comprar um exemplar deles na banca.

Isso é MUITO MAIS IMPORTANTE do que eleger ou derrubar um presidente da República.


Fiquei espantado com o número de seguidores desta página que, diante do zunzum sobre impeachment do Donald Trump, vieram me perguntar: “É verdade?”


Essa pergunta demonstra incerteza e insegurança, o que indica que essas pessoas AINDA acreditam um pouquinho no Grobo, na Fôia e em organizações similares.


De uma vez por todas: Não é para duvidar de uma notícia ou outra, é para entender de uma vez para sempre que essas organizações não têm NADA a ver com notícias e jornalismo, são apenas escritórios de engenharia social, desinformação e agitprop.


Consumir QUALQUER material proveniente delas é intoxicar-se, é ludibriar-se, é envenenar-se de propósito. Não diga que eu não avisei. Seja homem. Largue desse vício, pare de comer merda de uma vez para sempre.

* * *

Repito, aparentemente em vão: Não há NENHUMA prova, seja de que o Trump tenha entrado em conluio com os russos durante a campanha eleitoral, seja de que ele tenha revelado ilegalmente segredos de Estado ao embaixador Lavrov. No primeiro caso, há provas cabais EM CONTRÁRIO; no segundo, tudo o que há contra o acusado são dois depoimentos ANÔNIMOS, jamais apresentados à Justiça, só à mídia, e abertamente contraditados por uma testemunha direta presente aos fatos.

* * *

Até agora, os únicos políticos que COMPROVADAMENTE embolsaram dinheiro russo foram Hillary Clinton e John Podesta. Bom motivo para acusar o Trump exatamente disso. Trump será eternamente culpado de não ter punido o crime verdadeiro antes de ser acusado do falso.

* * *

Esta regra é INFALÍVEL: Todo político conservador que se omite de denunciar algum crime da esquerda será, mais dia menos dia, acusado desse mesmo crime.

* * *

A experiência, pelo visto, não ensina NADA. Mesmo nos meios ditos conservadores, todo mundo ainda tem uma tremenda dificuldade de imaginar que a gritaria unânime da grande mídia ocidental é antes garantia de falsidade que de veracidade. De fato, parece inverossímil que tantas entidades supostamente respeitáveis mintam juntas, em obediência a um projeto de poder e com total desprezo pelos fatos. Mas, como já ensinava Aristóteles, não é verossímil que tudo sempre se passe de maneira verossímil. Uma quota de absurdo é inerente à estrutura da realidade, e nada impede que, em certos momentos, ela domine o quadro todo.

*

Afinal, “onde Deus é excluído, a lei da organização criminal toma seu lugar, não importa se de forma descarada ou sutil” (Bento XVI).

*

Três pontos deveriam ter sido as prioridades do governo Trump desde o primeiro dia: (1) Os documentos falsos do Obama; (2) O conluio DO OBAMA com a Rússia; (3) o Lolita Express. Tudo o mais poderia ficar para depois.

*

Os republicanos tiveram mil oportunidades de destruir a carreira do Obama, mas acharam que pegaria mal. Ainda me lembro dos luminares do conservadorismo recusando-se a tocar na questão dos documentos falsos e pontificando “Há maneiras mais eficazes de combater o Obama”. Um deles foi o Bill O’Reilly, que agora só tem como consolação passar Hipoglós no cu.

*

Por que, diante de mil crimes comprovados do Obama, a preocupação única dos conservadores foi “preservar a dignidade da Presidência”, quando para jogar essa dignidade no lixo basta uma leve aparência de delito do Donald Trump?

*

Não há nenhuma maneira delicada, indolor e diplomática de combater o establishment globalista, fingindo normalidade e evitando escândalos ainda que com sacrifício próprio. Ou é uma tempestade de escândalos, ou é o silêncio cúmplice.

*

“Par délicatesse j’ai perdu ma vie” é a história antecipada de todo o conservadorismo moderno, nos EUA ou em toda parte.

*

Falar manso e agir com brutalidade é uma fórmula que jamais falhou. E invertê-la foi sempre receita de suicídio.

*

A direita jamais aprendeu a lição do PT: é preciso destruir os inimigos ANTES de chegar à Presidência. Depois, é tarde demais.

*

Não esperem que o Bolsonaro, eleito, faça o que seus eleitores deveriam ter feito antes de votar nele.

*

Vencer uma eleição não é “conquistar o poder”. Ou é prova de que você já tem o poder, ou de que jamais chegará a tê-lo por mais lindo que seja o cargo para o qual foi eleito.

*

No fim da década de 90, o PT já não tinha adversários que oferecessem perigo. Levou trinta anos para afastá-los do caminho, e entregou a Presidência ao Lula como um trono dourado, não como uma privada explosiva.

*

Desculpem o mau jeito, mas num ponto Nietzsche tinha razão: os cristãos são frouxos. Crônica e irremediavelmente frouxos. Durante cinco séculos os muçulmanos foram invadindo país atrás de país, tomando meia Europa e chegando às portas de Roma com a intenção de derrubar o Papado. A cristandade reagiu com tentativas anárquicas de tomar UMA SÓ CIDADE — Jerusalém — e nem sequer chegou a pensar em invadir a Meca para acabar com o islamismo. Os cristãos de vários países assistiram de camarote à Revolução Francesa, não deram uma ajudinha sequer aos rebeldes católicos da Vendéia e só se juntaram depois, contra Napoleão, justamente o sujeito que, de boa ou má vontade, havia salvado da extinção o catolicismo francês. Na Guerra Civil Espanhola, não fizeram pelos combatentes católicos um milésimo do que a esquerda mundial fez pelos comunistas. Na II Guerra só conseguiram derrotar o nazismo deixando a maior parte do serviço para os comunistas, ante os quais depois se prosternaram vergonhosamente. 
Que gente é essa, meu Deus?

*

Cristãos valentes, que eu saiba, só houve em Portugal, na Espanha, na Hungria e na Polônia. No resto do mundo, uma multidão de boiolas.

*

Os chefões do Partido Democrata começaram a botar panos quentes na conversa de “impeachment”, porque sabem que não tem base legal. Contrariando toda a mídia nacional, eu disse que não era para já. Mas o que quer que venha mais tarde será pior.

*

Estou começando a ficar de saco cheio de fazer certo e de graça o que os bam-bam-bams da mídia ganham um belo dinheiro para fazer errado.

*

Desculpem o mau jeito, mas num ponto Nietzsche tinha razão: os cristãos são frouxos. Crônica e irremediavelmente frouxos. Durante cinco séculos os muçulmanos foram invadindo país atrás de país, tomando meia Europa e chegando às portas de Roma com a intenção de derrubar o Papado. A cristandade reagiu com tentativas anárquicas de tomar UMA SÓ CIDADE — Jerusalém — e nem sequer chegou a pensar em invadir a Meca para acabar com o islamismo. Os cristãos de vários países assistiram de camarote à Revolução Francesa, não deram uma ajudinha sequer aos rebeldes católicos da Vendéia e só se juntaram depois, contra Napoleão, justamente o sujeito que, de boa ou má vontade, havia salvado da extinção o catolicismo francês. Na Guerra Civil Espanhola, não fizeram pelos combatentes católicos um milésimo do que a esquerda mundial fez pelos comunistas. Na II Guerra só conseguiram derrotar o nazismo deixando a maior parte do serviço para os comunistas, ante os quais depois se prosternaram vergonhosamente. 
Que gente é essa, meu Deus?

*

Cristãos valentes, que eu saiba, só houve em Portugal, na Espanha, na Hungria e na Polônia. No resto do mundo, uma multidão de boiolas.

*

A guerra interna contra a América não começou ontem:

http://dailycaller.com/2015/05/11/political-correctness-has-destroyed-the-armys-readiness-and-morale/

  • ricardo

    O amor às aparências e o desamor pela verdade danou o Brasil.

  • Franklin William

    Aqui em casa faz tempo, na TV somente netflix e youtube com o devido cuidado nas escolhas dos conteúdos.

    • Vládes Dinaelle

      Produção nacional do Netflix : Filme do Laerte..pqp..

      • Franklin William

        Nem sei qual filme é, mas sei que tem recursos da Ancine hahahahaha.

      • Renato Lorenzoni Perim

        Precisa assistir pra ter certeza que é uma bosta? Acho que não né…

    • Grahav

      Netflix também está completamente contaminada. O show “Bill Nye Saves the World” é prova viva disso.

      • Franklin William

        Produções da netflix é complicado mesmo, mas se garimpar acha conteúdo bom.

        • Isaac Barboza

          Não tem nada haver com a Netflix, mas a paris films lançará um filme brasileiro bom ao meu ver. O nome é “O plano por trás da realidade”. Acredito que aos poucos iremos ganhar espaço.

      • LA

        Netflix está um nojo, cheio de conteúdo politicamente correto, esquerdista e outros istas.

        • Leonardo Boccaletti

          Isso mesmo. Não sei o que tanto o pessoal vê nessa porra de Netflix – só ficam puxando o saco dela. Ficar vendo filme o dia inteiro cheio de politicamente correto não é uma boa.

    • A.Savaget.From.Portugal

      Tens sorte, na minha há 2 socialistas que ligam a TV diariamente para assistir ao noticiário e não param de fofocar contra o Trump(sobretudo à minha beira) porque sabem que eu “gosto” dele . Coloquei entre aspas porque não é que goste da pessoa em si mas na sua mensagem de campanha.

  • Margoth De Azevedo Barreiros

    Eu apoio. Não ligo. Não compro. Mas infelizmente tem muita gente que age de maneira automática. Você vai no médico, a TV tá ligada. Isto acontece em vários lugares… É costume mesmo. E tem gente que não leva a sério a Internet e dá um aval de credibilidade na mídia oficial. São todos teleguiados… O pessoal da minha família é assim. Tá difícil fazer esta mídia falir e ser cortado o seu Poder sobre o povão.

  • Henrique Rodrigues de Sousa

    Continuar assistindo ou a ler a grande mídia tradicional é pedir para ser enganado mesmo…

  • Ozane Soares

    Cada dia aprendo mais com o prof. Olavo. E cada vez mais cresce um sentimento de revolta crescente … obrigado professor

  • Pedro

    “Ai que preguiça”.
    Macunaíma.
    A preguiça é inimiga da verdade. É mais cômodo ouvir as baboseiras da EngodoNews, do que ler textos na mídia alternativa. Ler textos em inglês, pior ainda. Exige esforço mental.

  • Danilo Dalla Vecchia

    A questão é que boa parte da população ainda assiste JN , para depois acompanhar a novela das oito . E é bem nesse horário que a injeção tóxica da propaganda ideológica esquerdista é aplicada , junto ao marxismo cultural . Fazendo muitas vezes com que o imbecil , vá dormir tranquilo e anestesiado .

  • candangus

    Pra ficar longe do Fake news e assistir um bom seriado, recomendo a todos o The Son. O ex-007 Pierce Brosnam faz o papel de um texano sessentão que é conhecido como o “filho do texas”, um dos pioneiros a desbravar o estado (o que é mostrado em divertidíssimos flash backs). Na virada do século XX, ele luta pra manter sua fazenda em meio a invasões de mexicanos revoltosos que querem reconquistar suas terras.
    Não é netflix, tem que baixar 😉

  • Sergio

    O jeito é assinar um canal só de filmes pornô. Acho que ainda é mais educativo do que o nível da politica brasileira!

  • Alexandre Sousa

    Pois é Olavo de Carvalho, não é de hoje e nem será que o pessoal conservador se mantem nessa defensiva sempre em relação a esquerda que já poderia ser varrida do mapa e procrastina até chegar o momento em que a guilhotina cairá sobre nossas cabeças, ai não adianta chorar. E isso não é de hoje repetindo. Vai ver tudo farinha do mesmo saco.Porque de acordo com suas explicações, orientações, livros, comentários e tuty quanti não se percebe nenhuma linha tênue que mudanças de comportamento aconteça.

  • Alexandre Sousa

    Fico chateado e cético, pessimista muitas vezes, vendo o aprimoramento do pão e circo junto com predomínio de informações falsas e escandalosamente Mentirosas!!

  • Rosenvaldo Simões de Souza

    O PT tem 1.200.000 filiados. É maior que a Apple…
    Não há absolutamente maneira de uma direita desorganizada pensar sequer em criar mecanismos de defesa contra uma esquerda organizada, quanto mais traçar planos de tomada de poder e de exercê-lo efetivamente.
    No entanto, nos dias de hoje, é ingenuidade pensar que se pode tentar organizar algo dessa magnitude com um pingo de coerência de objetivos e sem infiltração e ruído de inimigos.
    Pensar, por outro lado, em se criar uma organização complexa sem o uso de redes abertas e internet parece impossível. Quer dizer: deve-se conspirar em segredo, mas não se consegue obter esse segredo. Logo, conspira-se abertamente. Mas conspiração aberta não é, por definição, conspiração. Todo plano da direita já nasce morto.
    Ganha um doce quem criar maneiras de sair desse círculo vicioso.

    • Maria De Lourdes Alves Machado

      Isso é um caso para pensar seriamente.

  • ABC

    Que bom. Finalmente, com o novo Mídia Sem Máscara, um canal direto com Professor Olavo…

  • DIÁRIO FILOSÓFICO DA ABIGAIL P. ARANHA
    25 de janeiro de 2017
    Os direitistas entusiasmados com a decadência da “mainstream media” se esquecem de que se qualquer corrente de pensamento que não seja a esquerda não tiver um veículo próprio, tudo que vamos ter quando a esquerda como a conhecemos for desmoralizada e expulsa da vida nacional vai ser os mesmos veículos que hoje têm essa linha esquerdista na política editorial. Isso vai ter 3 aspectos:
    1) A esquerda na política formal e a militância esquerdista podem até ser demonizadas como o Nazismo é hoje, mas de uma forma que, como acontece com o Nazismo pelo menos no Brasil, essa mesma esquerda pode escapar de ser desmascarada e ninguém vai aprender ou apreender nada com a experiência. Vai surgir uma nova esquerda que vai falar mal da velha como briga de católicos e protestantes.
    2) A “mainstream media” pode reescrever todo o próprio histórico. Podem fazer editoriais arrependidos, como o jornal O Globo sobre o apoio ao governo militar, ou podem fingir que nunca tiveram parte nisso, como uma garota de vida dissoluta que vira beata depois de velha.
    3) Não só a direita, todo o pensamento divergente da esquerda de hoje ou da nova esquerda só vai ter espaço de expressão nos grandes veículos como colunistas esparsos em seções de opinião, como a Valentina Nappi no Micromega ou o Reinaldo Azevedo como colega do ativista de esquerda Guilherme Boulos na Folha de São Paulo.
    Em poucas palavras, os direitistas que comemoram a decadência de qualidade e de credibilidade da “grande mídia” estão assistindo a morte da direita, não a da esquerda. De outra forma: a direita não existe na “grande mídia”. E quando eu tento mostrar isso para algum liberal-conservador, ele nem lê, me bloqueia ou me chama de esquerdista.
    https://plus.google.com/+AbigailPereiraAranha/posts/ZR1X4zbVhYF
    20 de maio de 2017
    Por gentileza, quem administra os perfis do prof. Olavo de Carvalho no Facebook e no Twitter? Quem tem a sanidade que ele já demonstrou e escreveu há menos de 2 anos um artigo mencionando uma pesquisa que diz que só 13% da população confia sempre na imprensa (“Descrédito geral”, 15 de outubro de 2015), ou disse que os grandes jornais brasileiros têm a mesma tiragem dos anos 1950 NUNCA escreveria isto: https://www.facebook.com/olavo.decarvalho/posts/10155263884962192 [a primeira postagem aqui]. Ele também não bloquearia alguém no Twitter por dizer que não existe outra imprensa (http://avezdasmulheres.blogspot.com/2017/01/direita-crista-acabou-parte-28-bloqueio.html).
    Já ia me esquecendo: até a BLOSTA (Blogosfera Estatal) já publicou que a grande imprensa recebeu bilhões de reais de verba estatal no governo PT. Quem acredita que um boicote à compra das edições impressas e uma onda de cancelamento de assinaturas vai fazer um jornal acabar na época da internet, e falta de dinheiro para tiragens impressas não acabou nem com a Tribuna da Imprensa, tem que ser no mínimo uma Ana Caroline Campagnolo.
    https://plus.google.com/+AbigailPereiraAranha/posts/eMTLNGyrZCm
    30 de maio de 2017
    Volto àquela postagem do Olavo de Carvalho sobre boicote à imprensa tradicional (https://www.facebook.com/olavo.decarvalho/posts/10155263884962192): se ele tivesse escrito e acreditado nisso 15 anos antes, os seguidores dele nas redes sociais e os antiolavistas nunca saberiam da existência dele. Roberto Cavalcanti já está fora de atividade e no esquecimento por menos que isso.
    https://plus.google.com/+AbigailPereiraAranha/posts/QNzdqFAFjPX