1. EUA

Trump e os russos

10 de julho de 2017 - 18:20:08

A recuperação da economia americana sob o governo Trump é tão patente, tão veloz, tão espetacular, que obviamente é ELA o motivo do ódio assassino que a elite globalista despeja sobre o presidente todos os dias e da maneira mais descarada. Trump não está sendo combatido por seus defeitos, crimes ou pecados, mas justamente pelos seus méritos.

A incitação ao homicídio é ostensiva, geral e incessante.

Os indícios de “conluio com os russos” e de “obstrução da justiça” são tão remotos e evanescentes, em contraste com as provas maciças e jamais contestadas dos crimes de Barack Hussein Obama. que o silêncio em torno destas, comparado ao barulho infernal em torno daqueles, só demonstra uma coisa: o sistema americano faliu por completo, o país está à mercê dos mais ferozes, descarados e inescrupulosos. O golpe de Estado e o assassinato político tornaram-se os meios de ação usuais e normativos da elite dominante. Não há outros.

A mídia inteira do Brasil não é mais que a sucursal do Partido Democrata americano em Vila Nhocunhé.

Tudo está preparado para proclamar que o assassinato do Trump, uma vez consumado, salvou a democracia.

“A política é um mecanismo destinado a impedir que as pessoas tomem parte naquilo que diretamente lhes concerne.”
(Paul Valéry)

Se um lado está disposto a votar, e o outro a matar ou morrer, adivinhem quem vence.

Por isso, antes de votar no Bolsonaro, avalie o quanto está disposto a arriscar para mantê-lo no cargo.

Lista parcial das ameaças ao Trump e ao Partido Republicano:

http://www.americanthinker.com/blog/2017/06/a_partial_list_of_threats_against_gop_and_trump_from_hollywood_celebrities_.html