1. Religião

Arrependimento verdadeiro

28 de maio de 2017 - 5:24:18

A vergonha e o tormento que sentimos ante os nossos pecados NÃO SÃO o verdadeiro arrependimento. São uma mixórdia de emoções toscas que BLOQUEIAM o arrependimento. O arrependimento verdadeiro é de ordem espiritual, e não há nenhuma maneira de um sujeito se colocar na Presença de Deus levando toda essa carga de sensações psicofísicas confusas e atordoantes. Rezo com insistência pedindo o verdadeiro arrependimento, e creio que o único progresso que fiz nessa direção foi entender que eu não sabia o que era. A melhor maneira de um sujeito não saber algo é imaginar que já sabe, sem nunca sequer ter perguntado a respeito.

*

O Pe. Paulo Ricardo observa, com argúcia, que o filho pródigo só passa do mero desgosto consigo mesmo ao arrependimento verdadeiro DEPOIS que o pai o recebe com alegria em vez de puni-lo. Isso quer dizer que, sem a EXPERIÊNCIA CONCRETA E VIVA (não o mero pensamento ou a mera noção teológica) do amor divino superabundante, o arrependimento verdadeiro não existe nem pode existir.

 

  • Ricardo Lima

    Sobre o Salário do Funcionário Público, é bom esclarecer que este paga ao INSS sobre todo o salário e não sobre o teto do INSS. É preciso esclarecer mais? Se um FP ganha 20.000 ele paga ao INSS mais de 2.000. Um empregado da Iniciativa privada, se ganha 20.000, ele pagará sobre o teto do INSS (5.300), que daria 600. É justo ganhar mais quem pagou mais… Esta regra já mudou… Todos agora pagarão sobre o teto do INSS…

    • nando_bv

      Não esqueça da Empresa Privada caso o regime tributário da sua empresa seja Lucro Presumido ou Lucro Real, deverá pagar ao INSS um adicional de 20%, taxa chamada
      de INSS patronal.

      • Anna Caroline Almeida

        Resumindo…tem dinheiro saindo pelo ladrão, o que resta saber dessa reforma toda é quem do funcionalismo público irá conseguir se blindar dela, pois o povo certamente já está fudido. Sociedade de castas é assim.

    • nando_bv

      Mas na realidade o funcionário publico não pagaria nada. O dinheiro já foi confiscado antes de impostos
      O governo apenas deduz este dinheiro do salário dele, poderia pagar sem isso, pois o dinheiro é do governo mesmo.

  • vanderlei nogueira

    Aposentadoria nunca foi deficitária, inclusive você paga duas vezes, uma na folha e outra no consumo do produto ou serviço, levando a um acréscimo de 5% sobre o seu recolhimento, este acréscimo não é contabilizado e representa uma perda de 9 anos na sua aposentadoria, você paga 25% ao INSS e recebe sobre 20% da contribuição

  • Belo aprendizado!