1. Religião

Gays e perseguição religiosa

24 de julho de 2017 - 5:02:22

Pura verdade:

http://www.cnsnews.com/commentary/eric-metaxas/how-does-gay-marriage-hurt-us-heres-how

P.S. Um dos carinhas da foto parece o Arruinaldo, mas não é.

É IMPOSSÍVEL haver “casamento gay” sem perseguição religiosa.

*

Se a diferença entre os sexos fosse apenas um estereótipo cultural, bastaria, para livrar-se dela, negá-la em pensamento. Se alguém que está insatisfeito com o sexo em que nasceu precisa mudar de sexo fisicamente — mesmo que a mudança não seja cirúrgica e sim apenas indumentária ou cênica –, isso afirma resolutamente a existência da mesma diferença física objetiva que se pretende negar chamando-a de estereótipo cultural.
Amanhã completo o raciocínio.
P. S. O que estou descrevendo é a estrutura íntima de uma tragédia existencial insolúvel.

  • Ewerton Caetano

    A condição de sentir-se atraído pelo mesmo sexo é algo terrível. É como viver com uma compulsão doentia para mentir sabendo que a mentira é algo ruim. O desespero cresce a ponto de levar o sujeito a crer que suas mentiras são a verdade e que a verdade é uma odiosa mentira. Pior é quando vem um demônio frankfurtiano para reforçar mais ainda tal ódio e usar o sofrimento de tantos infelizes a fim de justificar a criação de mais mecanismos de opressão estatal.