História


Um dos temas do meu novo livro

Uma das coisas mais patéticas no pensamento do século XX é a crítica frantkurtiana à “sociedade administrada”. Críticos que ajudam a consolidar aquilo mesmo que desejavam destruir mostram uma cegueira fora do comum. Como é possível um filósofo não perceber, num relance intuitivo instantâneo, que a destruição dos valores civilizacionais, morais e culturais faria necessariamente […]

Uma das fraudes mais impressionantes da história do jornalismo

Uma das fraudes mais impressionantes da história do jornalismo, cujas conseqüências se multiplicam até hoje, meio século depois. Em 13 de fevereiro de 1968, o âncora de TV Walter Cronkite (foto), transmitindo diretamente de Saigon, noticiou a fragorosa derrota comunista na famosa “Ofensiva do Tet”, a tentativa de invadir a capital do Sul. Na luta, […]

Problemas brasileiros, o passado e os intelectuais do presente

Jogar as culpas dos problemas brasileiros no passado colonial e escravagista, como faz o Jessé Souza, é tão imbecil quanto jogá-las nos portugueses, nos negros, nos índios, no capitalismo ou na indefectível ditadura militar. A experiência das últimas décadas provou, acima de qualquer possibilidade de dúvida, que meros programas de TV podem mudar as crenças, […]

Racismo, escravidão e o Islam

Os muçulmanos inventaram as teorias racistas no século XI e as levaram à prática mandando capar oitenta por cento dos escravos negros que aprisionavam na África. Os brancos ocidentais só chegaram à África quatro séculos depois, não caparam ninguém e ainda inventaram doutrinas abolicionistas, que não só aboliram a escravidão em praticamente todo o mundo, […]

Novas notas sobre o debate com Paulo Roberto de Almeida

O prof. Paulo Roberto de Almeida (f0to) queixa-se de não ter sido avisado de que sua entrevista ao Brasil Paralelo seria um debate. Eu também não fui, mas não me queixo. É um prazer poder conversar com alguém que personifica tão nitidamente a ideologia da Nova Ordem Global cuja existência ele nega. * By the […]

O caso Reinaldo José Lopes e o analfabetismo funcional na grande mídia

Reinaldo José Lopes, colunista da Fôia, incapaz, como todos os foísticos e semi-intelectuais similares, de apreender o sentido de conjunto da minha obra e discuti-la, apega-se a detalhes irrisórios mencionados de passagem numa declaração oral, e mesmo ao contestar essas coisinhas se mela todo. Exemplo: “Temos as duas grandes bobagens ditas por Olavo de Carvalho […]

A principal finalidade da educação superior

Quando não temos consciência das origens históricas dos nossos hábitos e julgamentos cotidianos, tornamo-nos escravos da sociedade presente, dando valor de coisa eterna, absoluta e imutável ao que é temporal, relativo e transitório. A principal finalidade da educação superior é libertar o ser humano dessa prisão, ensinando-o a pensar, julgar e sentir na escala da […]

Samba-do-comunista-doido

A história do discurso comunista divide-se, “grosso modo”, em três fases: o internacionalismo proletário de Lênin, o terceiromundismo “anti-imperialista” de Stálin a Brejnev e o multiculturalismo globalista de maio de 1968 em diante. O primeiro desapareceu do cenário. O segundo sobrevive, no mundo, apenas como resíduo nostálgico. O terceiro fez da esquerda mundial a serva […]

Clamores de justiça e Bertolt Brecht

Já me fizeram de trouxa várias vezes, e nunca me ofendi demasiado por isso, pois não me gabo de ser o mais esperto dos espertos. Mas, se um sujeito não tem outra arma na luta pela vida senão a astúcia, ser ludibriado é a mais humilhante das ofensas. Nenhuma ira se compara à do vigarista […]

Márcia Tiburra e a ampliação forçada do termo “fascismo”

Segundo a sapientíssima Márcia Tiburra, o “fascista” nega ao seu adversário o direito de existir, ou pelo menos de ser ouvido. Mas há maneira mais brutal e eficiente de negar a alguém o direito de existir e de ser ouvido do que chamá-lo de “fascista”? Tão logo assim carimbado pelo crime hediondo de ser contra […]