ideologia


Samba-do-comunista-doido

A história do discurso comunista divide-se, “grosso modo”, em três fases: o internacionalismo proletário de Lênin, o terceiromundismo “anti-imperialista” de Stálin a Brejnev e o multiculturalismo globalista de maio de 1968 em diante. O primeiro desapareceu do cenário. O segundo sobrevive, no mundo, apenas como resíduo nostálgico. O terceiro fez da esquerda mundial a serva […]

Márcia Tiburra e a ampliação forçada do termo “fascismo”

Segundo a sapientíssima Márcia Tiburra, o “fascista” nega ao seu adversário o direito de existir, ou pelo menos de ser ouvido. Mas há maneira mais brutal e eficiente de negar a alguém o direito de existir e de ser ouvido do que chamá-lo de “fascista”? Tão logo assim carimbado pelo crime hediondo de ser contra […]

A luta essencial do nosso tempo

TODA a política contemporânea no Ocidente baseia-se na premissa de que o processo histórico mundial caminha inevitavelmente no sentido da maior liberdade, da eliminação de todas as desigualdades e de toda forma de exclusão. Só há portanto duas correntes políticas possíveis: a legítima, que vai na direção do inevitável, e a ilegítima, que opõe a […]

Candidatos, realidade e abstratices

Nenhum plano econômico do mundo, por lindo que seja ou pareça, justifica que, num país onde o rígido controle de armas produziu setenta mil homicídios por ano, alguém em seu juízo perfeito vote num desarmamentista. * Qualquer candidato a presidente que não dê prioridade máxima a garantir a segurança da população e salvar a educação […]

Pensamento em bloco

O pensamento filosófico e científico pode se permitir uma certa dose de incoerência, quando os fatos são complexos demais para reduzir-se a uma unidade doutrinária. Mas, para as ideologias, a coerência em bloco é TUDO, sob pena de condenação por heresia.

Discutindo sobre o tal inseticida

Num meio intelectual em que o pensamento ideológico é o mais alto ideal concebível, serei sempre um E.T., e cada um que se depare comigo buscará alívio da sua desconfortável estranheza dando-me o rótulo de alguma incomodidade a que esteja acostumado. Eis como posso me tornar, conforme as dores do freguês, sionista e islamita, reacionário […]

Trump, perseguição anticristã e a desonestidade da grande “mérdia”

“Deus não me deu a Roxane porque eu merecia, mas porque eu precisava.”

Agora que a USP está se metendo a fiscal da idoneidade jornalística alheia, é bom lembrar:

http://www.midiasemmascara.org/arquivos/3077-observatorio-de-midia-da-usp-bilionario-esquema-de-poder.html

*

Quando recentemente o Obama fechou o acesso aos refugiados cubanos, ninguém na esquerda reclamou.

Burgueses, o mito da neutralidade, liberais, e o Escola Sem Partido

ogc

Os detalhes e a ementa do curso já estão disponíveis.Visite a página de pré-inscrição: http://goo.gl/rOXo2i

 

O discurso burguês sobre Estado laico e “neutralidade” nada pode contra o movimento revolucionário, pelo simples fato de que é a mãe dele.

O discurso fascista também nada pode, porque é irmão dele.

Nenhum discurso pronto pode nada contra o movimento revolucionário, porque discurso pronto é coisa de velho caquético, frágil como papel queimado.

Só o que pode contra o movimento revolucionário é a inteligência criadora que o engole e supera como a serpente de Moisés engoliu as serpentes dos magos.